Problemas na coluna e sua seriedade

por Fabi Lins 776 views0

Dores na coluna são, geralmente, motivo de preocupação de milhares de pessoas. Por se tratar de uma parte tão importante para o corpo humano, a coluna merece devido cuidado e atenção, podendo ser algo determinante no funcionamento do restante do corpo. Atualmente, no Brasil, existem mais de 5 milhões de casos registrados de pessoas com problemas na coluna, muitas vezes causando aposentadoria precoce por invalidez. Muitas vezes as doenças na coluna não têm cura e a única coisa que se pode fazer é amenizar os sintomas e as dores, por meio de medicamentos e, em casos mais graves, com o feitio de cirurgias na coluna.

Problemas na coluna
Problemas na coluna e sua seriedade

Cirurgias na coluna

Geralmente as cirurgias são o último recurso utilizado, por se tratar de um procedimento delicado, trabalhoso e que gera a necessidade de muitos cuidados posteriores. Geralmente o tratamento das patologias desse tipo se dá através de medicação com anti-inflamatórios, analgésicos e outros medicamentos, sendo a cirurgia necessária quando a medicação não resolve o problema. Os casos mais comuns de situações passíveis a cirurgias são os de doenças degenerativas e de casos de estreitamento do orifício de passagem do nervo ciático, por exemplo. Dentre as doenças mais comuns estão a degeneração das vértebras devido à idade avançada; hérnias de disco; estenose do canal vertebral; espondilolistese; entre muitos outros, como reumatismos, inflamações e lesões por pancadas e acidentes em geral.

Para realizar uma cirurgia na coluna

Uma vez que o tratamento com medicação não surte resultados, pode-se optar por fazer uma cirurgia na coluna para amenizar e/ou resolver o problema. Para tal, é necessário que se consulte médicos especialistas no problema, bem como a cirurgia em si deve ser feita com profissionais qualificados e especializados na área. Infelizmente, muitas pessoas não dispõem de recursos financeiros para poder efetuar as operações em hospitais de qualidade e com profissionais renomados na área, sendo assim, um grande medo para quem necessita realizar tal procedimento dessa forma. A precariedade do sistema público de saúde afeta, de fato, milhares de brasileiros que aguardam nas imensas filas de espera para atendimentos específicos, muitas vezes causando a desistência do atendimento.