O que é o TDAH?

por Editor 191 views0

O Brasil é um dos países com mais índices de TDAH que significa transtorno do déficit de atenção com hiperatividade.

Esse tipo de transtorno é neurobiológico, costuma aparecer na infância e pode ser para a vida toda.

No país temos a Associação Brasileira do Déficit de Atenção a prevalência do TDAH, que faz pesquisas sobre o assunto e costuma dar orientação. A associação visa incluir melhor crianças com esse transtorno, além de ajudar a preparar melhor os pais, professores e parentes em geral, sobre o assunto.

O TDAH pode ser apresentado de 3 maneiras diferentes maneiras, podendo variar os sintomas.

Um dos tipos chama-se, apresentação combinada, composta por desatenção, hiperatividade e impulsividade.

Já a predominantemente desatendo, caracteriza-se pela desatenção, porém não há indícios de hiperatividade.

E por último temos hiperativo-impulsivo, possui critérios de hiperatividade, porém não há desatenção.

Além dos grupos o TDAH é classifica por níveis, leve, moderada e grave.

Causas

Segundo pesquisas o TDAH é o transtorno mais bem estudado no mundo todo, porém ainda há dúvidas sobre ser um problema inato ,ou seja, genético ou adquirido (ambiental)

Mesmo não tendo certas respostas confirmadas, o TDAH, possui afirmação em alguns assuntos principalmente nas causas.

Uma das causas pode sim ser o fator genético e essa questão é estimada em 76%.

Outra causa pode ser as anomalias cerebrais. Estudos provam que há disfunção nas pessoas com o transtorno, principalmente nas partes do cerebelo e núcleos da base.

Os fatores ambientais possuem grande porcentagem e eles são, tabagismo durante o período de gravidez, alguns casos, porém poucos pode estar ligado a dieta também no período de gestação e os fatores como abuso infantil seja psicológico, físico ou sexual, negligencia, em caso de adoção, muitos lares, exposição a neurotoxinas, ou seja, chumbo, infecções como encefalite e o consumo de álcool na gravidez, são causas com  grande porcentagem.

Tratamento

O tratamento para o TDAH em primeiro lugar precisa ser feito um contato com um profissional, seja psiquiatra, neuropsiquiatria, neuropediatra ou neurologista.

A partir do passo da consulta ele analisará o caso, e pode ou nao indicar medicamentos, porém o mais importante é o acompanhamento médico, na rotina, normalmente psicólogos ou psiquiatras fazem o acompanhamento desse transtorno.