Como a UniHealth reduz fraudes em administração de hospitais

por Editor 197 views0

Com saúde não se brinca. A UniHealth sabe exatamente disso e, há quase quarenta anos no mercado, proporciona qualidade insuperável em cada etapa das ofertas de sua vasta gama de serviços. Por isso, nada melhor do que ter a certeza de que cada paciente receberá em mãos os medicamentos necessários e, em consequência, terá sua saúde renovada como a medicina promete. Por isso, seja você médico, gerente hospitalar, enfermeiro ou outro profissional ligado à saúde, veja agora as informações necessárias para ter sua saúde, também, ponto principal de seu trabalho.

Administração de hospitais é algo extremamente complexo, pois são necessários contínuos processos que envolvem itens como segurança, limpeza, atendimento, pagamento dos profissionais, excelência na prestação de serviços e, é claro, logística. Sem ela, não há organização que segure um hospital, pois além da entrega de produtos relacionados a limpeza e tecnologia, há, também, toda a parte que envolve a entrega de medicamentos.

Focada na logística hospitalar, a UniHealth compõe o mercado com precisão em cada atendimento, possuindo respeitosos contatos com as maiores indústrias farmacêuticas atuantes e, assim, prosseguindo com o seu planejamento: proporcionar excelência na entrega de medicamentos e tecnologia que acompanhe toda a necessidade de cada hospital público ou particular que tem como cliente.

Além disso, a UniHealth reduz fraudes em administração de hospitais, pois conta com diversos sistemas com tecnologia de ponta, que controlam o fluxo de entrada e saída de medicamentos, tornando todo o processo automatizado graças ao software desenvolvido especialmente com esse propósito. Assim, há possibilidade de rastreamento de cada item composto na carteira de produtos solicitados, gerenciamento do estoque de acordo com as curvas ABC/XYZ, andamento de material consignado até que o medicamento chegue ao paciente, controle de administração dos medicamentos para cruzar informações médicas com as de cada paciente e logística reversa para não haver desperdício de estoque.

Com a redução de fraudes, então, o gerenciamento de hospitais se torna algo mais crível, calcado na realidade necessária no dia a dia de tão árdua tarefa. Para suprir as necessidades, portanto, são necessárias medidas rígidas que cortem desperdício e proporcionem precisão em cada atendimento a pacientes, objetivo pelo qual a administração de hospital se mantém em qualidade tão elevada.